Segundo estudo excesso de redes sociais prejudica o sono

Segundo a médica Sandra Doria há um conflito de interesses do nosso corpo, enquanto o cérebro quer descansar somos inundados de estímulos constantemente num feed infinito nas redes sociais.

Durante os últimos três anos de pandemia da covid-19 as redes sociais se tornaram o passatempo favorito entre adolescentes, adultos e idosos. Pesquisas apontam que 81% dos jovens utilizam diariamente as redes sociais e, destes, 60% usam uma hora antes de ir dormir.

Muito se tem estudado sobre a higiene do sono na última década e a cada pesquisa publicada isso se torna um fato: o uso de telas iluminadas, como celular, tablets e notebooks, pioram a qualidade e quantidade do sono, dificultando o adormecer da pessoa, pois inibe a produção do hormônio melatonina.

O que acontece? A otorrinolaringologista e médica do Instituto do Sono, Sandra Doria, ajuda a explicar. Há um conflito de interesses do nosso corpo. O cérebro precisa descansar após um dia inteiro de atividades, mas é soterrado de estímulos contínuos para manter absorvendo conteúdo como, informações, imagens, vídeos e música constantemente num feed infinito nas redes sociais e com isso não consegue relaxar. Até mesmo durante o sono já iniciado o celular pode prejudicar o sono emitindo sons e luzes da tela informando uma nova notificação de post ou mensagens, causando vários despertares.

O sono e a reparação que ele tem sob nosso corpo é importante para o aprendizado, a memória, a regulação de emoções, do comportamento, entre vários outros. A privação pode desencadear, por exemplo, alteração de humor, ganho de peso, cansaço diurno e problemas no desempenho na escola.

Recentemente uma revisão sobre a pesquisa realizada conclui que o uso excessivo está relacionado a fatores de riscos para distúrbio do sono e doenças mentais como depressão e ansiedade.

Segundo a médica pequenas mudanças nos hábitos podem ser implementados no dia-a-dia para evitar tais problemas. Os pais devem estipular um horário para iniciar o sono, evitar o uso de redes sociais, jogos eletrônicos e internet pelo menos uma hora antes de dormir e deixar o celular, no modo silencioso, distante da cama.

Um dos temas mais recorrentes deste portal é relacionado ao sono. Para o leitor que continua essa busca ao sono perfeito seguem abaixo matérias sugeridas para melhor a qualidade do sono e aumentar o conhecimento sobre o assunto.

Foto Destaque: Luz emitida pela tela interrompe produção de melatonina. Reprodução: Freepik / Divulgação / CP Memória

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s